segunda-feira, 20 de janeiro de 2020

Governo Bolsonaro firma convênio de R$ 10 milhões em Parelhas para Centro Têxtil


O Ministério do Desenvolvimento Regional firmou convênio com a Prefeitura de Parelhas no valor de R$ 10 milhões. O recurso será destinado a construção de um Centro de Corte Têxtil que permitirá a expansão do Programa de Industrialização do Interior, o Pró-sertão. A contrapartida do município será de R$ 11 mil.

O convênio foi publicado no Diário Oficial da União da última quinta-feira (16). O contrato prevê a construção de um galpão industrial e a aquisição de máquinas e equipamentos para a implantação de um Centro de Corte Têxtil. Os recursos permitirão que o local seja equipado de modo semelhante as estruturas das gigantes do setor, como a Guararapes, por exemplo. 

O convênio havia sido articulado pelo ex-deputado federal Rogério Marinho ainda durante o governo Michel Temer. Mas, por questões burocráticas envolvendo a Prefeitura de Parelhas, só foram liberados agora na gestão Jair Bolsonaro, quando também contou com a influência de Rogério, atual secretário da Previdência e Trabalho do Ministério da Economia. 

O objetivo é que as pequenas oficinas de costura do interior potiguar possam atender a mais clientes de todas as regiões do país e, além disso, tenham condições de produzir marcas próprias para iniciar a comercialização. A obra será destinada a todas as oficinas de costura do Estado.

Conforme publicação, a Prefeitura de Parelhas tem prazo de 30 meses para apresentar os documentos necessários e obter a liberação dos recursos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

teste teste