sábado, 21 de dezembro de 2019

Detentos do RN não terão “saidão” de fim de ano


Os detentos do regime fechado do sistema prisional do Rio Grande do Norte não terão a saída temporária, popularmente conhecida como “saidão” ou “saidinha” para as festividades de fim de ano em 2019.

Segundo o titular da Secretaria de Administração Penitenciária (Seap), Pedro Florêncio, a atitude foi tomada para não prejudicar o combate à criminalidade no estado.

Não vai haver saída. Queremos continuar contribuindo para a redução dos índices de criminalidade”, afirmou o secretário.

De acordo com o titular da Vara de Execuções Penais de Natal, juiz Henrique Baltazar, apenas os presos no regime semiaberto, já que todos cumprem pena sob monitoramento de tornozeleira eletrônica, terão direito aos benefícios neste fim de ano.

Para quem utiliza a tornozeleira, durante a semana entre o Natal e o Réveillon, ao invés de obrigatoriamente estar em casa às 20h, poderá chegar às 22h. Nos dias 25 de dezembro e 1º de janeiro, os detentos poderão estar em casa até às 2h.

Números:

Conforme informado pela Coordenadoria de Administração Penitenciária do RN (Coape), 1.798 internos cumprem pena no semiaberto, valor que equivale a 17% do quantitativo total de presos em todo o estado. Segundo a Coape, o Rio Grande do Norte tem, ao todo, 10.076 detentos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

teste teste