sexta-feira, 15 de março de 2019

PM é preso suspeito de participação em morte de Zaira


Uma operação da Polícia Civil prendeu na manhã desta sexta-feira (15) em Currais Novos, um sargento da Polícia Militar suspeito de participação na morte da universitária Zaira dos Santos Cruz, de 22 anos. A estudante foi encontrada morta no sábado de carnaval dentro de um carro na cidade de Caicó, que fica na mesma região. (Relembre aqui)

Segundo a Polícia Civil, Zaira foi assassinada pelo PM. Porém, ainda não foram divulgados detalhes de como ela foi morta nem a motivação do crime. Porém um laudo apontando a causa da morte foi vazado pela imprensa no último sábado dia (09) que de acordo com os dados apresentados pelas emissoras de rádios e TV, a jovem foi assassinada por Asfixia Mecânica e Estrangulamento, e o meio foi agente externo, torturada cruelmente. A notícia foi dada em extra-ordinário.

Zaira morava em Mossoró, onde cursava Engenharia Química da Universidade Federal Rural do Semi-Árido (Ufersa). Ela deveria se formar ainda este ano.

Há 15 anos na PM, o sargento é lotado no Fórum de Currais Novos. Ele foi preso em casa, sob força de um mandado de prisão preventiva. O mesmo deve ficar preso no quartel da Polícia Militar em Natal.


Veja mais:

Jovem de Currais Novos é encontrada morta em Carnaval de caicó:



Nenhum comentário:

Postar um comentário

teste teste