sábado, 25 de agosto de 2018

Embate ideológico deve marcar sessão da Câmara que votará projeto de lei que proíbe discussão de gênero no ambiente escolar de Santa Cruz


A sessão da Câmara de Vereadores de Santa Cruz deve ser marcada por uma disputa ideológica no dia que os vereadores devem votar o projeto de lei que proíbe a discussão de gênero na rede escolar do município.

Grupos a favor e contrários ao projeto de lei estão se articulando para levar representantes ao legislativo municipal e, de forma articulada, apoiar ou critica a decisão dos vereadores em levar o projeto de lei a votação.

Em uma ação inédita, grupos evangélicos e católicos estão unidos para garantir apoio ao projeto de lei e prometem levar grande representatividade a sede do Legislativo no dia da votação.

Já grupos de minorias, estudantes universitários, sindicatos e associações contrários ao projeto de lei também devem ir organizados a sede do Legislativo para se posicionarem contrários ao projeto de lei.

Em meio ao embate ideológico, a Câmara de Vereadores deve votar o projeto de lei, que tem gerado discussões nos meios acadêmicos, templos religiosos e redes sociais.

Fonte: Édipo Natan

Nenhum comentário:

Postar um comentário

teste teste