sexta-feira, 19 de agosto de 2016

Abastecimento vem preocupando cidades do interior do RN


Mesmo depois do susto vivido no fim de 2015 e início de 2016, com a falta de água em Currais Novos, parte da população parece ainda não ter aprendido a economizar o líquido precioso.

Pois bem, o açude Dourado, que recebeu milagrosamente 58% de sua capacidade nas chuvas do início do ano, encontra-se hoje – após quatro meses das chuvas – com pouco mais de 35% de sua capacidade hídrica, ou seja, já foi consumido pelo menos um terço da água armazenada em março deste ano.

ADUTORA:
Existe em andamento a construção de uma adutora de engate rápido, que trará água da Barragem Armando Ribeiro Gonçalves para Currais Novos e Acari. Mas o grande problema é que o reservatório já atingiu 17% de sua capacidade, o nível mais baixo desde que foi construída nos anos 80. A previsão é que a adutora fique pronta no mês de outubro, contudo, devido o baixo nível do reservatório, ficará impossibilitada de enviar água às cidades seridoenses.

A preocupação maior por parte da CAERN é que a partir de setembro a evaporação da água aumenta, com isso tende a baixar ainda mais o nível do reservatório, e, provavelmente, o volume de água do Dourado só poderá abastecer Currais Novos até o fim do ano.

Outro fator bastante preocupante é que 2017 está previsto para ser um ano de seca.

DO BLOG:
É inadmissível que ainda existam pessoas desperdiçando água, lavando calçadas, não reaproveitando a água do banho para usar no vaso sanitário… Enfim, ECONOMIZE ÁGUA, o susto poderá ser ainda maior!

Quem vai sair primeiro. Adutora de Currais Novos/Acari ou a Adutora de Caicó?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

teste teste