quarta-feira, 1 de junho de 2016

Condutor de motos de 50 cilindradas sem habilitação passará a ser multado a partir de hoje

A exigência da habilitação deveria ter entrado em vigor em fevereiro, mas o Conselho Nacional de Trânsito voltou atrás e prorrogou o prazo. Agora é para valer. A partir desta quarta-feira (1º), quem for flagrado pilotando um ciclomotor sem a documentação exigida vai ter dor de cabeça. A multa prevista é de R$ 574, além da apreensão do veículo. A infração é gravíssima.

Hoje, 70% das vítimas de trânsito são provenientes de ciclomotores e motocicletas. Então é importante que eles estejam habilitados para não poder superlotar nossos hospitais e proteger as vidas.

A autorização para conduzir ciclomotor nas autoescolas do Rio Grande do Norte tem custo  de quase R$ 1.500, incluindo aulas, provas e taxas, o mesmo que se paga por uma habilitação categoria A, que dá direito a pilotar qualquer moto. Muitos  acham que não compensa. Mesmo custo, mesmo trabalho, mesmas provas, então não é viável.

O condutor de uma “cinquentinha” tem que estar habilitado, no mínimo com a ACC e/ou também com a categoria A.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

teste teste