domingo, 10 de abril de 2016

Homem que enfrentou a Polícia Militar de Jucurutu tem vasta ficha criminal:

Uma troca de tiros foi registrada, por volta das 12h30 min. deste domingo, 10 de abril, na RN 226, nas proximidades do Sítio Colônia, Município de Triunfo Potiguar, entre Policiais Militares da Cidade de Jucurutu e um meliante, que, ao ser abordado, reagiu, atirando.

Os Policiais já estavam informados de que um elemento, que é suspeito de ter assassinado um mototaxista na Cidade de Assu, estaria em fuga e poderia vir em direção a Jucurutu.

Após findar a ocorrência, Policiais fizeram contato com outras cidades e receberam a informação que o elemento morto é conhecido por Robson,  e é foragido de uma cadeia da Zona Norte de Natal. Com ele, foi apreendido um revólver calibre 38, com 3 munições intactas e três deflagradas.

O Itep agora irá remover o corpo para autopsia, e para a devida identificação, que irá confirmar, ou não, se trata-se do bandido foragido de uma cadeia de Natal.

A Polícia Militar de Jucurutu já tem a certeza de quem é o homem que enfrentou o “braço armado” do Estado e acabou tombando morto, próximo a Jucurutu. Trata-se de José Robson Estevam Medeiros, 31 anos, natural da Cidade de Campo Grande/RN.

Robson, como era mais conhecido, tem histórico de crimes. Contra ele, havia um Mandado de Prisão em aberto, por Roubo Majorado, na Comarca de Santo Antônio/RN, quando, juntamente com dois comparsas, praticou um assalto a uma loja de Roupas. Em relação a esse crime, Robson foi preso em julho de 2015, em São Gonçalo do Amarante, mas, segundo informações, fugiu do CDP da Zona Norte de Natal, onde cumpria pena.

Robson é o principal suspeito de ter praticado um latrocínio, contra um mototaxista no último dia 06 de abril, na Cidade de Assu. Durante uma operação em sua residência, na Cidade de Triunfo Potiguar, no último dia 08 de abril (sexta-feira), a Polícia Civil encontrou a moto que pertencia ao mototaxista. Na ocasião, uma mulher que estava na residência foi presa, e Robson conseguiu fugir. Além da suspeita do latrocínio, Robson é apontado como o autor de um assalto a uma joalheria em Jardim de Piranhas.

Nota-se que Robson era um sujeito de alta periculosidade, que precisava ser tirado do meio social. Infelizmente, ele optou por enfrentar policiais preparados, que precisaram responder à injusta agressão, o que acabou por tirar a vida do infrator.


Parabéns a todos os Policiais que participaram da ocorrência!

Fonte: PM DE JUCURUTU

Nenhum comentário:

Postar um comentário

teste teste