sexta-feira, 18 de setembro de 2015

Equipe de fiscalização da Caern retira ligação clandestina próxima à Jucurutu

De acordo com o chefe da Unidade de Receita de Assú, Oscar Nelson, o material apreendido se trata de canos que faziam ligações clandestinas para um poço artesanal próximo ao açude.
Uma equipe de fiscalização da Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern), Regional Assú, aprendeu material hidráulico que estava desviando água do açude que abastece as cidades de Jucurutu e São Rafael. A comunidade de Serra Branca que também se beneficia do açude estava há 15 dias sem abastecimento regular devido a ligação clandestina.

De acordo com o chefe da Unidade de Receita de Assú, Oscar Nelson, o material apreendido se trata de canos que faziam ligações clandestinas para um poço artesanal próximo ao açude. No total, foram apreendidos 3.200 metros de canos que já se encontram na custódia do Ministério Público de Santana do Matos. O açude serve como complementação da água fornecida pela Adutora Serra de Santana para 11 comunidades, o que contabiliza cerca de 1.200 imóveis na região.

Via Robson Pires

Um comentário:

teste teste