quinta-feira, 4 de março de 2021

MP deflagrou operação contra facção criminosa em seis cidades do RN



O Ministério Público do Rio Grande do Norte deflagrou, nesta quinta-feira (4), a operação Dia da Coruja, que visa desarticular uma suposta facção suspeita de crimes como homicídio, tráfico de drogas, roubo, organização criminosa e porte ilegal de arma de fogo no Rio Grande do Norte.

A ação busca cumprir 25 mandados de prisão e 32 de busca e apreensão em seis cidades da regiões Oeste e Seridó potiguar. A ação conta com apoio da Polícia Militar.

O foco principal dos investigadores é o município de Jucurutu, mas também há cumprimento de mandados em São Rafael, Triunfo Potiguar, Mossoró, Assu e Acari.

O nome da operação é uma alusão ao nome Jucurutu, que é uma espécie de coruja, e também à ave símbolo do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do MP.
Promotor Fausto França, coordenador do GAECO, esteve a frente a Operação


O promotor Fausto Faustino de França Júnior, coordenador do Gaeco no Rio Grande do Norte, disse após ao final da operação “Dia da Coruja”, deflagrada nesta quinta-feira (04), que as investigações sobre os crimes cometidos pela facção em Jucurutu foram iniciadas pelo Gaeco, do MPRN, em 2019. “Com esse trabalho investigativo, obtivemos provas que permitirão desarticular a facção que vinha cometendo uma série de crimes em Jucurutu e região, especialmente o tráfico de drogas, com toda a cadeia de outros crimes e problema que essa prática ilícita acarreta”.

O MPRN dará continuidade nas investigações se as pessoas presas têm envolvimento com outros crimes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

teste teste